Archive for março, 2006

Epicuro

“Ou Deus quer impedir o mal e não pode,
ou pode e não quer,
ou não pode nem quer,
ou quer e pode.

Se quer e não pode, é impotente;
se pode e não quer, é perverso;
se não pode e nem quer, é impotente e perverso;
se quer e pode, por que não o faz?”
(Epicuro – 341 anos a.C.)

31/03/2006 at 11:36 am 6 comentários

Mens Agit Molem

– Estude. Estude para ser alguém na vida. É… o vestibular. Estude para passar no vestibular. Estude. Estude para ser alguém na vida. Se forme e deixe de ser futuro do Brasil para se tornar um problema social. Arrume um emprego. Trabalhe. Ganhe seu dinheiro. Compre suas coisas. Tenha sucesso. Consuma ícones que a sociedade elege como sinais de sucesso. Seja feliz. Não… não vamos tão rápido…. Feliz ainda não…

Antes de tudo não seja solitário. Não dá para ser feliz sendo solitário. Ninguém é feliz solitário. Você não conhece aquela música dos Beatles? Qual é mesmo o nome? É… Eleanor Rigby (picks up the rice in the church where a wedding has been). É uma música bonita, não é? É sim… Ouvir os Beatles me deixa feliz. É, mas eu sei que a música é triste. Os solitários são tristes. Você tem que se casar e ter uma família. Aí sim você vai poder ser feliz. Só que aí você não vai ter mais tempo de gastar sua felicidade. Você está muito ocupado criando os seus filhos e arrumando dinheiro. Controle os gastos. Controle o peso. (Você ficou muito gordo depois que casou. Passa o dia vendo televisão). Controle a pressão. Controle o que o seu filho anda vendo por aí na internet. Controle o que ele vê na TV também. Controle o que há em sua volta. Talvez assim você não sofra e seja feliz. Ser feliz não é estar imune ao sofrimento? Mas o que causa o sofrimento? Não controlar todas as variáveis do seu universo? Que medo que eu tenho de casar e ter filhos…

Quanto mais alto maior a queda será. Verdade universal amplamente comprovada empírica e cientificamente pela física. Quanto mais tomamos as rédeas da nossa vida será que é maior o choque ao descobrirmos que não vivemos em um experimento controlado e não temos como controlar todas as variáveis?

Isso funciona como analogia?

Sim, acho que estou no caminho do sucesso. É… eu pareço ter capacidade intelectual suficiente para conseguir o que quero. Mas e daí?, se eu não consigo secar este meu poço de frustrações? Cada dia levanto um balde d’água com a razão e dois outros são despejados cheios de tudo que foge ao meu controle cartesiano.

É… é melhor repensar essa frase de Virgílio.

12/03/2006 at 6:38 am 11 comentários


rápidas

Feeds